Jardim das Palavras

O amor é a essência de tudo, sem amor só há guerra e divisas...

Textos


REQUINTE DE AMOR
 
Tendo o requinte do amor no peito,
nenhum despeito o desfigura.
Mesmo entre brumas e insatisfeito
o amor não perde a sua textura.
 
Ele é mais forte que as inquietudes,
é uma virtude imprescindível,
ele transpõe as vicissitudes,
o amor é um elo indivisível.
 
Feliz daquele que sabe amar
e entregar-se de corpo e alma
sem reservas e sem prepotência.
 
Pois, navegará num imenso mar
entre a tormenta e a maré calma,
sem naufragar-se na existência...

(imagem do Google)

 

Bryzza
Enviado por Bryzza em 28/07/2011
Alterado em 26/03/2012

Música: Waltz of love - Ernesto Cortazar

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras