Jardim das Palavras

O amor é a essência de tudo, sem amor só há guerra e divisas...

Textos


REFÉM DAS LEMBRANÇAS...
 
Folhas de lembranças amareladas
voejam em meu ego sonolentas,
dormentes em silentes madrugadas,
opacas como as manhãs cinzentas.
 
Outrora foram horas de ventura,
em noites de amor, doce magia!
Agora é apenas amargura,
sou ilha deserta, escura e fria.
 
Partiste como nau no oceano,
sumindo na linha do horizonte,
deixando somente o desengano...
 
A dor do abandono me invade,
vencida eu inclino minha fronte,

refém das lembranças e da saudade...

Imagem: Google

 
Bryzza
Enviado por Bryzza em 19/10/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras